Home Mensagem Information Arquivo Theme
Vivi Joslin


there's a blue bird in my heart that wants to get out but I'm too tough for him, I say, stay down, do you want to mess me up?

Há Deriva

Terei de trocar as fotos que por si ainda estão sendo reveladass. Imagens zeladas e trabalhadas que ocupariam minha cabeceira. Era pra ser nossa, mas parece ser só minha.
Esse não se parece com meu teto e nem ouso chamar-te de porto, você tem me colocado em risco, em desassistência. A maresia pela manhã me derruba, leva embora o sorriso de domingo… Fico só, sozinha, só a observar e isso em nada tem a ver com minha postura, não tenho problemas em minha própria companhia. É sobre você, é como você se coloca, como tem se revelado. Não pertence mais ao conjunto que nos colocávamos, não há conjunção, é solitário e tão indiferente quanto suas tentativas esnobes de me querer duas, mais e nunca sua. 
Meus planos, minha seriedade e só meu sentimento, é o que parece. Seu desrespeito, sua eterna falta do que dizer e a frieza, que aos poucos tem me colocado longe e ao horizonte não reconheci sua silhueta, não no dia de hoje. 
Me deixar a ver navios me dá a belíssima vista de seu naufrágio. 

Vivi Joslin

Carta de Amor

"Onde vai, valente?
Você secou, seus olhos insones secaram
Não veem brotar a relva que cresce livre e verde longe da tua cegueira
Seus ouvidos se fecharam a qualquer música, a qualquer som
Nem o bem, nem o mal pensam em ti, ninguém te escolhe

Você pisa na terra, mas não a sente, apenas pisa
Apenas vaga sobre o planeta, e já nem ouve as teclas do teu piano
Você está tão mirrado que nem o diabo te ambiciona, não tem alma
Você é o oco, do oco, do oco, do sem fim do mundo

O que é teu já tá guardado
Não sou eu quem vou lhe dar”

Maria Bethânia 

 

 




Theme